Get Adobe Flash player

Home VIVER MELHOR Dicas

Dicas

Camisa Tie dye - passo a passo para você fazer a sua

A técnica simples e super divertida tie dye está entre os hits do momento. Confira o passo a passo para fazer a camiseta tie dye em casa!


A moda do tie-dye voltou e está entre os hits da estação


Calças, lenços e blusas manchadas com a técnica tie dye estão entre os hits da estação. Buscando sempre estar em dia com as tendencias, a cantora Cláudia Leite apostou na camiseta tie dye preta. E você, já aderiu à nova trend? O Oficina da Moda ensina como fazer em casa um look exclusivo com essa técnica super divertida!

Materiais:

- 1 camiseta branca de malha de algodão
- 1 rolo de barbante
- 1 tubo de corante
- 1 vasilha de vidro
- 1 colher de madeira
- 1 tubo de fixador de cor
- 1 colher (sopa) de sal grosso



Passo 1



Enrole bem a camiseta a partir do centro, em espiral, formando um ninho. Passe o barbante por baixo e prepare um nó inicial.



Passo 2



Dê várias voltas para prender a camiseta de maneira bem forte.


Passo 3



Ferva 1 litro de água e acrescente uma colher (sopa) de sal grosso. Dilua uma pequena quantidade de corante da cor desejada seguindo as instruções da embalagem. Molhe a camiseta (com água, apenas) e depois a mergulhe nesta mistura de cor. Mexa somente com uma colher de madeira – a de ferro altera a coloração. Deixe por 20 minutos.



Passo 4



Lave em água corrente para tirar o excesso de tingimento. Em um balde, misture um tubo de fixador de cor em 1 litro de água. Mergulhe a camiseta amarrada e deixe por cerca de 20 minutos. Enxágue em água corrente e corte o barbante. Seque à sombra.

Informativo Oficina da Moda

Aprenda a salvar arquivos em nuvem e impressione o chefe

Com tecnologia gratuita, serviços online oferecem armazenamento e compartilhamento de arquivos mais ágil

Foto: Getty Images


Você já deve ter ouvido falar sobre Cloud Computing, mas pouca gente sabe exatamente como usar esse poder para deixar a vida mais fácil no trabalho. Com essas dicas, você poderá mostrar para seu chefe e colegas como usar serviços online para ser mais eficiente e antenada.


Esqueça os anexos

Existem vários serviços que podem te ajudar a parar de mandar emails com arquivos enormes anexados, que sempre voltam e fazem você gastar tempo. Serviços como o  Dropbox e similares permitem que você salve um arquivo em uma pasta coletiva na internet. Daí, é só enviar o e-mail com o link da pasta para os colegas que, em um clique, abrem o documento desejado.

No Google Docs, você pode até mesmo editar textos, planilhas e apresentações diretamente no seu navegador, sem custo algum. E ainda pode dividir esses arquivos com seus colegas de classe ou companheiros de trabalho, que poderão editar ao mesmo tempo que você. Chega de arquivos com o nomes do tipo  "resumo_2_versão_Final_terceira".


Leia os jornais e revistas mais influentes do mundo

Quer comentar sobre um artigo do El País ou do New York Times, mas você ainda precisa aprender mais vocabulário para conseguir compreender tudo? O Google Tradutor oferece tradução gratuita de 64 idiomas e até permite ouvir a maneira correta de pronunciar palavras específicas. Você pode escrever palavras soltas para traduzir, ou mesmo um artigo inteiro – é só copiar o endereço da web do texto que você está interessado e colocar no tradutor. Isso vai te ajudar a aumentar suas fontes de conhecimento, o que é sempre bom.

Evite teleconferências chatas

Sabe aquela reunião logo depois do almoço, em que todo mundo fica com sono acompanhando por viva-voz uma ligação telefonica? Existem vários serviços que podem ajudar a criar uma reunião mais produtiva e menos chata. O Google+, por exemplo, permite que você abra uma conversa de vídeo e voz com até 10 pessoas, usando apenas uma conexão de internet e o poder da nuvem, ou seja: sem precisar fazer download de programa nenhum.

Conteúdo do site MdeMulher

Decore sua casa para o Natal de forma segura

Saiba como deixar a casa iluminada no clima natalino sem colocar sua família em risco

O Natal já está chegando e é hora de começar a pensar na decoração da casa para esta data tão especial. Mas além de bonita e iluminada, a decoração natalina precisa ser bem instalada para não colocar sua família em risco.

Se você tem crianças em casa, redobre os cuidados. Os enfeites que decoram a árvore parecem inofensivos à primeira vista, mas escondem certos perigos para os pequenos e só devem ser manuseados por adultos.

Para não ter problemas, alguns cuidados precisam ser tomados desde a compra dos adereços. É muito importante observar se os produtos tem o selo do Inmetro, que garantem sua qualidade.

No caso das lampadinhas de Natal, os famoso pisca-pisca, este selo é ainda mais importante porque assegura que o material é resistente e tem bom isolamento elétrico para evitar choques e curtos circuitos.

Se forem feitas com produtos de qualidade duvidosa e com “gambiarras”, as instalações elétricas também podem provocar incêndios e acabar com a alegria da festa.

O primeiro cuidado, portanto, é usar luzes e enfeites adequados para o local em que será feita a instalação. Se a intenção é iluminar a área externa da casa, é preciso comprar enfeites com proteção, já que eles ficarão expostos ao sol e chuva.

Se for aproveitar os itens da decoração natalina de anos anteriores, cheque tudo para verificar se não há fios desencapados, lâmpadas queimadas ou tomadas estragadas.

Outro cuidado que se deve ter para uma decoração natalina segura é nunca utilizar fita crepe ou fita adesiva para fixar as luzes. Prefira usar fita isolante.

Também é preciso ter atenção para não ligar muitas lâmpadas na mesma tomada, em extensões, pois pode haver sobrecarga. Deve-se evitar ainda colocar as luzes próximas de enfeites de papel, além de cortinas, sofás e outros itens que possam pegar fogo com facilidade.

Informativo Dicas de Mulher

Que tal um Lago Artificial no seu jardim - dicas de como fazer

Confira dicas para montar um lago artificial no jardim da residência, tornando o paisagismo da área mais aconchegante e charmoso.

O lago artificial ajuda a tornar o jardim mais tranquilo, confortável e em harmonia com a natureza. Nem todos os jardins residenciais desfrutam desta estrutura, afinal, a construção pode pesar no orçamento e a manutenção também não é das mais baratas.


O lago artificial no jardim relaxa e permite contato com a natureza

Quem gosta de investir em paisagismo para casa, com certeza vai aprovar a construção de um lago artificial no jardim. Este elemento favorece a biodiversidade, pois se transforma em um habitat para peixes e plantas. A presença da água em um ambiente que preza pelo contato com a natureza também torna a atmosfera mais reconfortante, fresca e acolhedora.

Decoração de Terraço

Como fazer um lago artificial no jardim?

Para construir um lago artificial no jardim, é importante contratar mão de obra especializada e montar um projeto antes de iniciar a obra. O proprietário do imóvel deve avaliar se o custo do novo recurso paisagista é realmente viável para o orçamento.

Localização
O lago artificial deve ser construído longe de instalações de gás, eletricidade e esgoto. Para que os seres vivos cresçam e sobrevivam, é importante que o laguinho tenha acesso a luz do sol e esteja situado próximo a uma fonte de água limpa.

Revestimento
O material usado para revestir o lago artificial precisa ser de boa qualidade, caso contrário corre o risco de enfraquecer. Entre os materiais que podem ser usados, vale ressaltar o cimento e a fibra de vidro.

Monte um Jardim Vertical

Forma e profundidade
Para parecer mais real e diferente de uma piscina, o lago deve ter uma forma irregular. Sua profundidade não deve ultrapassar um metro, pois quando o lago é muito fundo, ele oferece riscos para as crianças e dificulta a diversidade.


As plantas emergentes, plantas flutuantes e plantas submersas são as mais apropriadas para o lago artificial

Plantas para o lago artificial
Depois que o lago estiver instalado adequadamente e cheio, ele deve repousar por uma ou duas semanas. Somente depois deste período as primeiras plantas podem começar a ser cultivadas no ambiente aquático.

Fonte de Água para a varanda

Três tipos de plantas podem ser escolhidos para compor o paisagismo do lago artificial, são eles: plantas emergentes ou marginais, plantas flutuantes e plantas submersas.

A planta emergente é aquela que cresce nas margens do lago mantendo as folhas fora água. As flutuantes não possuem raízes e enfeitam a superfície das águas com suas folhas. Já as submersas são plantas que vivem embaixo da água, com raízes no fundo do lago.

Animais
Os peixes não são recomendados para lagos com pequenas dimensões. Já em ambientes maiores, é possível introduzir algumas espécies de peixes, como carpa, peixe dourado e esgana-gata.


O lago artificial pode servir de habitat para os peixes, desde que tenha condições apropriadas.

Mantenha a dengue longe do seu jardim

Conteúdo do site Mundo das Tribos

Dicas para aproveitar suas compras on line sem dor de cabeça

Com algumas dicas e precauções, suas experiências de compras pela internet podem ser muito mais proveitosas

Foto: Thinkstock

Desde que o comércio eletrônico começou a ser realizado no Brasil, o número de lojas e de consumidores tem crescido constantemente. E não há como negar que o conforto de não ter que procurar vagas no estacionamento, de poder fugir das filas e de receber tudo em casa, torna esse negócio ainda mais atraente. No entanto, como em tudo na vida, o comércio online também tem aspectos negativos que podem ser amenizados adotando algumas precauções. Abaixo apresentamos algumas dicas para que você possa aproveitar as suas compras online sem ter dores de cabeça depois.

1 – Compare preços

Muitas mulheres adoram bater pernas no shopping vendo as novidades, mas quando é para pesquisar preços, pode dar uma certa preguiça, o que não acontece no comércio eletrônico. Em questão de minutos, você pode encontrar o mesmo produto com grandes variações de preços e aproveitar a oferta mais conveniente.

2 – Confira a reputação da loja

A rede está cheia de pessoas e lojas mal intencionadas, por isso, antes de comprar, vale a pena checar a reputação de loja. Verifique se o endereço existe, se o telefone atende e se o CNPJ é verdadeiro. Se a empresa se recusar a passar qualquer tipo de informação, desconfie de sua idoneidade.

Em sites como o Reclame Aqui, você pode encontrar referência sobre a loja e avaliar antes da compra se é confiável ou não. E já que está na internet, pesquise o que falam da loja nas redes sociais. Lojas que oferecem um amplo canal de comunicação para o cliente deixar sua opinião e esclarecer dúvidas, por exemplo, costumam render experiências mais positivas que aquelas que não disponibilizam nenhum canal.

3 – Atente-se aos prazos de entrega

Algumas lojas anunciam produtos mesmo sem tê-los disponíveis em estoque para entrega imediata, por isso prometem um prazo longe de entrega, justamente para ter tempo de receber o produto e só depois despachar, atitude que pode acarretar em um prazo de entrega maior que o combinado. Nesse caso, confirme o prazo de entrega com a loja. Se você não tiver pressa, tudo bem, mas se não puder esperar mais que o prazo combinado, talvez seja melhor comprar em outro site ou em uma loja física.

4 – Compre com antecedência

Além do prazo estipulado pela loja, você deve contabilizar o tempo que leva para que a empresa acuse o pagamento e despache a mercadoria, o que pode demorar um pouco. Problemas como greve nos correios e extravios também podem comprometer o prazo da sua entrega, então, se sua encomenda for para ser usada em uma data específica, como um presente, por exemplo, quanto maior a antecedência da compra, melhor. Da mesma forma, se o pedido vier trocado, você vai precisar de ainda mais tempo para fazer a devolução e troca.

5 – Confira a política de troca e devolução

O consumidor virtual está amparado por leis, segundo as quais é possível trocar ou devolver uma mercadoria, caso tenha defeito, não sirva ou não agrade, mas a loja virtual também é amparada por essas mesmas leis, por isso, consulte a política de trocas e devoluções para saber em quais casos você pode devolver ou trocar o produto, bem como a responsabilidade sobre as taxas de envio. Guarde todos os comprovantes e emails referentes à operação.

6 – Confira as taxas e despesas de entrega

Uma mercadoria pode estar mais barata na loja virtual do que na loja física, mas em alguns casos, as despesas de frete podem fazer com que o preço de ambas se equipare. Quando for assim, é sempre bom consultar os valores das taxas de entrega, já que em caso de troca, esse valor pode dobrar para você poder devolver e receber um novo produto. Alguns sites oferecem entrega gratuita a partir de determinado valor para incentivar o maior número de vendas. Se você quiser comprar apenas uma peça, veja se alguma amiga não tem interesse em comprar algo no mesmo site e economize no frete.

7 – Prefira as lojas conhecidas

Comprar em uma loja conhecida pode evitar surpresas desagradáveis quanto a qualidade dos produtos e também na escolha dos tamanhos, no caso de roupas. Se a loja física que você costuma comprar possui um sistema de vendas virtual, você já sabe o que pode esperar. Agora, se você quiser fazer uma compra em uma loja desconhecida, cheque sua reputação e consulte amigos que já compraram na loja para verificar se foram bem atendidos.

8 – Desconfie de promoções mirabolantes

Algumas lojas podem liquidar seus produtos disponibilizando-os a preços abaixo da concorrência, mas se a diferença for muito grande, você precisa redobrar os cuidados, principalmente se forem produtos eletrônicos ou de informática, pois a mercadoria pode ter procedência duvidosa, ser falsificada e não oferecer garantia alguma.

9 – Verifique a segurança do site

Selos com indicação de segurança como “Internet Segura” e “Site Seguro”, atestam a confiabilidade do site e são mecanismos de segurança essenciais para os consumidores, mas na hora de fechar um negócio, principalmente de digitar os dados do cartão de crédito, você precisa se certificar que está entrando em um ambiente realmente seguro. Geralmente, essas páginas são iniciadas por “https://: e devem apresentar no navegador um ícone de um cadeado localizado no canto inferior direito da tela ou na barra de endereços, dependendo do programa utilizado. Essa medida é necessária para evitar que seus dados financeiros sejam roubados.

10 – Mantenha o seu computador protegido

Todos estamos expostos a vírus de computadores e programas que roubam senhas e dados sem que possamos perceber. Aumentar os cuidados mantendo o antivírus sempre atualizado, não fazer compras em computadores públicos como os de lan houses e não abrir emails de remetentes suspeitos, podem reduzir os riscos de ser vítima de hackers.

Com essas dicas você vai poder comprar a vontade, depois é só controlar a empolgação e não transformar a facilidade de comprar pela internet em um pretexto para estourar o orçamento. Boas compras.

Informativo Dicas de Mulher

08 atitudes que você deve evitar no trabalho

Evitar algumas atitudes pode favorecer a manutenção da harmonia no ambiente profissional

Foto: Thinkstock

Existem certas atitudes que cometemos e que sem mesmo perceber acabamos constrangendo, ofendendo ou até mesmo incomodando alguém que trabalha conosco.

Isso é normal, mas pode ser evitado tomando alguns pequenos cuidados. Listamos algumas dessas atitudes para que você não passe por momentos de desconforto com os colegas de trabalho.

1 – Almoçar na mesa do escritório

Apesar de parecer uma ótima ideia, comer na sua mesa no trabalho pode ser um desrespeito com os seus colegas. Algumas pessoas não gostam de sentir cheiro de comida no trabalho, especialmente antes e depois de almoçar. Além disso, restos de comida podem cair no local e isso pode ser mal visto pelos seus colegas. Prefira comer na cantina do trabalho ou fora do local de trabalho.

Se não houver outra opção, faça disso uma exceção e certifique-se de tentar amenizar os efeitos: limpe o local, não leve comida com cheiro forte e seja discreto.

2 – Falar sobre religião ou política

Outra coisa que deve ser evitada para manter o ambiente harmônico no trabalho é discutir religião ou política. Deve-se respeitar as escolhas do outro e nunca tentar convencer os outros a gostarem ou crerem no mesmo que você. O mesmo se aplica ao futebol, sempre que possível, evite o tema nas rodinhas de conversa do trabalho.

3 – Criticar determinadas atitudes categoricamente

Tecer comentários categóricos a respeito de certas atitudes, gostos pessoais e coisas do tipo pode parecer inofensivo, mas você pode estar criticando fortemente algo que seu colega de trabalho gosta. Isso não significa que você não pode dar sua opinião, você pode, porém deve fazer isso de forma educada e sutil, a fim de não criar um clima ruim entre os funcionários e não magoar ninguém.

4 – Ficar muito tempo nas redes sociais

Passar muito tempo checando twitter, e-mail pessoal e o Facebook pode dar a impressão de que você não está realmente comprometido com o trabalho. Isso pode piorar se seus colegas tiverem a impressão de que estão tendo que trabalhar mais para compensar o que você não está fazendo. Este tipo de coisa gera conversas e olhares desnecessários. Portanto, se for permitido olhar suas redes sociais, faça isso com bom senso.

5 – Chegar atrasado em reuniões

Quando alguém chega no meio de uma reunião isso atrapalha o andamento e também é uma situação desconfortável em relação ao demais. Se todos se comprometeram em estar lá em determinado horário, cumpra seu compromisso. Caso isso aconteça inevitavelmente, entre sem fazer barulho e quando for o momento certo se desculpe pelo atraso.

6 – Ficar atrás do computador de alguém

Outra atitude que pode deixar seu colega de trabalho muito bravo, ou no mínimo, sem graça, é ficar atrás do computador olhando o que ele(a) está fazendo no computador. Evite isso sempre. Não é uma atitude legal. E se a pessoa te chamar, veja o que a pessoa quer mostrar e saia logo em seguida.

7 – Deixar seu celular no toque alto

No ambiente de trabalho, o som do toque de um celular pode significar aborrecimento e perda da concentração de quem está focado no que está fazendo. Para evitar desconforto entre os colegas, deixe o toque no volume baixo, próximo à você ou então deixe o telefone apenas para vibrar quando tiver uma chamada, mensagem ou notificação nova.

8 – Não ligue o som alto demais no fone de ouvido

Outra coisa que pode acabar incomodando quem convive com você no trabalho é o som alto no fone de ouvido. Se você gosta de trabalhar ouvindo música, atente-se para o fato de que se ela estiver muito alta, os outros ouvirão também. Portanto, fique de olho no volume e evite reclamações

Informativo Dicas de Mulher

Mais Artigos...

VALÉRIA & VOCÊ

Valéria & Você!


Valéria de Fátima é intensa, de bem com a vida, antenada, amiga e imparcial. Este blog é nosso, mulheres e homens que se enveredam por muitos caminhos, pois sabem que são especiais.

 

Sejam todos bem vindos!

 

Boa leitura.

@Tweets

Informação

A categoria Saúde do blog Valéria&Você, é um espaço informativo sobre os temas relacionados à saúde, não é um substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.

Publicidade

Publicidades

Academia K1