AgendaNegócios e ServiçosNotícias

Confira a programação do Gravatá Jazz Festival no Carnaval 2017

CAPA OFICIAL

Gravatá será palco de um Carnaval mais que “maravilhoso”.

DSC_0010

Maestro Spok, Maestro Adelson e Maestro Duda

– Imagine uma programação que mescla jazz e blues, organizada por Giovanni Papaleo, e outra que traz como destaque o “Encontro de Orquestra de Frevo”, com a lenda viva do frevo Maestro Duda e duas cerejas de bolo muito especiais,  Maestro Spok e o gravataense Maestro Adelson.

Imaginou? Então saiba mais do festival e confira a programação da 2ª edição do Gravatá Jazz Festival.

O Jazz Festival é consagrado como a melhor opção para quem quer curtir a festa de Momo de um jeito diferente, longe da agitação, com música de qualidade e gratuita. E Gravatá te convida a participar da 2ª edição, desse festival de jazz e blues, temperado com MPB e bossa nova.

DSC_0305

Produtor Giovanni Papaleo e prefeito Joaquim Neto

Parecia impossível o Gravatá Jazz Festival acontecer, mas como disse o produtor Giovanni Papaleo: – “Graças à coragem e fibra do prefeito Joaquim Neto de viabilizar em poucos dias de gestão, o Gravatá o Jazz Festival acontecerá nos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro. Com uma programação com atrações de vários estilos que vai invadir a alma do público.

– “O prefeito Joaquim Neto, solicitou que os shows terminem mais cedo, com o objetivo de que as atrações do dia prestigiem a vida noturna de Gravatá, ou seja, eles vão tocar de graça a boa música, no melhor das noites gravataenses. E assim será”.

DSC_0340

Empresário da rede hoteleira Eduardo Cavalcanti e o produtor Giovanni Papaleo

“Gostaria de registrar, que o Jazz Festival, só está hoje em Gravatá, graças a Eduardo Cavalcanti. Muito obrigada”!

DSC_0071

Maestro Spok

O maestro Spok parabenizou Giovanni Papaleo pela ousadia em trazer um festival de alta qualidade para um celeiro do frevo como Gravatá, terra do Maestro Adelson, que foi seu professor. – “Estou fascinado com o Encontro de Orquestras, com a participação de mais de 100 músicos, que vai acontecer na segunda (26), e muito grato pelo convite para fazer parte desse evento do prefeito Joaquim Neto, homem de coragem e visão, ao promover um encontro do Jazz e do Frevo”.

DSC_0111

Maestro Adelson

Para o maestro Adelson: – “É uma honra estar recebendo na minha terra eventos tão nivelados, fico muito feliz na qualidade de músico, ao vê-la em evolução musical, principalmente no frevo que é a nossa cultura”.

DSC_0193

– “Quero saudar a todos em nome da cultura pernambucana, e em nome de Papaleo, os homens de coragem na realização desse Carnaval. Que tem sido um desafio. Mas que estamos conseguindo vencer os desafios e organizar um carnaval de qualidade de nível internacional, preservando a cultura pernambucana, e especialmente valorizando os gravataenses, apesar da escassez de recursos”.

“A programação completa do Carnaval 2017 em Gravatá, será anunciada na sexta-feira, já que a programação está sendo montada em parceria com Governo do Estado através da Secretaria de Turismo – SETUR/ EMPETUR, precisamos do apoio de empresas gravataenses, para juntos impulsionar o turismo e a economia local”, disse o prefeito Joaquim Neto.

DSC_0248

Produtor Giovanni Papaleo

Confira a programação preparada especialmente para você:

*Sábado (25/02) – 20h
– Léo Gandelman Quarteto
– Derico Sciotti & Uptown Band
– Dasta Gomes & The Smokin Snakes 

Léo Gandelman – o carioca é saxofonista, flautista, compositor, arranjador e produtor musical. Participou do trabalho de inúmeros artistas da MPB, é compositor e intérprete de trilhas marcantes para TV e cinema.

Derico Sciotti – um dos maiores saxofonistas do Brasil. É profissional desde os 11 anos, com formação erudita.

Dasta Gomes & The Smokin Snakes – banda de swingue-jazz com estilo da década de 40 dos Estados Unidos. O grupo vem de Natal/RN para o festival, fazendo um show inédito em Pernambuco.

*Domingo (26/02) – 20:30h
– Nuno Mindelis
– Taryn Szpilman
– Adriano Grineberg

Nuno Mindelis – o músico luso-brasileiro, nascido na Angola, já foi considerado o melhor guitarrista independente de blues do mundo pela revista “Guitar Player” americana, uma espécie de bíblia da guitarra.

Taryn Szpilman – nascida no Rio de Janeiro, Taryn é a quinta geração de uma família de grandes músicos e maestros, como seu tio-avô Wladislaw Szpilman, que teve a vida retratada no filme de Roman Polanski vencedor do Oscar, O Pianista, seu avô Waldemar Szpilman, parceiro do renomadíssimo compositor Heitor Villa Lobos, e seu pai Marcos Szpilman, maestro-fundador da Rio Jazz Orchestra, da qual ela é cantora e diretora artística hoje em dia.

Adriano Grineberg – considerado o grande pianista de blues do Brasil, vem com sua banda ao festival. Foi eleito em 2016 o maior nome do blues do Brasil.

*Segunda (27/02) – 20:30h
– Rosa Marya Colin
– Igor Prado Band
– Arthur Philipe & Quintessence

Rosa Marya Colin – atriz global e uma das maiores cantoras de jazz do Brasil. Ficou famosa pela gravação do disco California Dreamin’/Summertime II, com Tony Osanah, em 1969. O álbum vendeu mais de 350 mil cópias. Sua discografia conta com 11 títulos.

Igor Prado Band – é atualmente a banda sul-americana mais ativa no cenário internacional, excursionando pelo mundo afora participando de grandes festivais tendo passado por países como Argentina, Áustria, Bélgica, Chile, Dinamarca, Paraguai, México, Espanha, Itália, França, Alemanha, Noruega, Suíça, Luxemburgo e Estados Unidos.

Arthur Philipe & Quintessence – banda de jazz pernambucana que fará um tributo ao cantor Frank Sinatra no GJF. O quinteto gravou seu primeiro trabalho independente no ano de 2013, lançando um disco só com canções dos Beatles com o sotaque do jazz e da música brasileira.

*Terça (28/02) – 20:30h
– Tributo a Tim Maia em blues com Big Chico e Jefferson Gonçalves
– Allycats
– Anika Chambers

Big Chico – considerado um dos maiores nomes do blues e da soul music da atualidade. Big Chico já se apresentou nos mais renomados clubes de blues dos Estados Unidos, Argentina, Chile, Europa e Brasil, participando de eventos nas  principais casas do gênero de norte a sul do país. Já gravou cinco CDS e dois DVDS. No GJF ele se prestará um tributo a Tim Maia no ritmo de gaita blues, coisa inédita no festival. Um dos principais gaitistas de jazz do Brasil, no GJF ele se juntará ao músico Jefferson Gonçalves para fazer um tributo a Tim Maia em ritmo de gaita blues, coisa inédita no festivalAllicats – grande sucesso na edição 2016 do GJF, a banda, a principal de Rockabilly de Pernambuco, nasceu da ideia de trazer de volta os tempos áureos do rock’n roll. Com estilo característico da década de 50, da Old School, tem influência Rockabilly, Psychobilly, Hillbilly, Country, passando pelo blues. Como inspiração, grandes ícones como Elvis Presley, Buddy Holy, Johnny Cash, entre outros. Para o festival, a Allicats promete um show dançante, contagiante e inovador, com músicas próprias, releituras de clássicos do rock e músicas contemporâneas.

Annika Chambers – a americana cresceu cantando em igrejas. Seu álbum de estreia,  “Making My Mark”, lançado em 2014, foi um grande sucesso, o que deu a Annika o cobiçado prêmio de melhor artista do ano de 2015 pelo BMA (Blues Music Award). Seu segundo álbum, “Wild & Free”, não decepcionou e na estreia alcançou a sétima posiçãono Billboard Blues. A cantora vem ao GJF mostrar suas habilidades em cantar com maestria em vários gêneros musicais.

*Encontro de Orquestras de Frevo

Segunda (27/02) – 12h

Saída da rua XV de Novembro

Valéria de Fátima


Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *