Agenda

Conselheiros tutelares de Gravatá foram empossados nesta sexta-feira (10), para mandato de quatro anos

Os novos conselheiros tutelares de Gravatá, eleitos em outubro do ano passado, foram empossados e diplomados na manhã desta sexta-feira (10), pelo prefeito Joaquim Neto em seu gabinete.

A solenidade contou com a presença de autoridades, convidados e familiares, e a participação em especial da Promotora Fernanda Nóbrega.

Com a entrega dos certificados, os conselheiros do quadriênio 2020 a 2024, titulares Joselito Gomes (1826 votos), Daniela (1804 votos), Nenê de Uruçu  (1473 votos), Adilson do Conselho Tutelar  (1412 votos), Ester do Conselho Tutelar  (1393 votos) e suplentes Nice da Emater  (1348 votos), Mary Rocha  (1268 votos), Jailson de Tia Jô  (1150 votos), Edivaldo Martins  (1036 votos) e Josenildo Sales  (946 votos), terão mandato de dedicação e zelo pela garantia e defesa dos direitos da criança e do adolescente.

Para o prefeito Joaquim Neto: “Os novos conselheiros têm pela frente um trabalho desafiador de evitar preconceito, discriminação, crianças em situação de risco, independente da faixa social e econômica. Além de ter que intermediar e buscar soluções junto ao poder público para melhorar o processo de fiscalização, principalmente em relação ao abandono de crianças. E podem contar comigo nessa missão”.

Conselho Tutelar

O Conselho Tutelar foi instituído pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Lei 8.069/1990, como órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, vinculado administrativamente ao poder público municipal e subordinado apenas às diretrizes da política de atendimento às crianças e aos adolescentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *