Notícias

Pernambuco flexibiliza funcionamento do comércio e Prefeitura de Gravatá apresenta restrições para retomada

Prefeito de Gravatá, Joaquim Neto

O prefeito da cidade de Gravatá, Joaquim Neto comunicou através de live no sábado (11), que a cidade vai iniciar a sua retomada econômica e flexibilização da quarentena, de forma gradual e planejada, a partir da próxima terça-feira (14), com medidas rígidas obrigatórias para os setores, seguindo as regras de higiene e de atendimento ao público, estabelecidas em normativas anteriores.

A partir da próxima terça-feira (14), com horário de funcionamento normal (8h às 18h) pode funcionar:

  • O varejo de rua (bairros e centro), de forma que haja um cliente para cada 20m².
  • Os salões de beleza, centros de estética e templos religiosos.
  • O comércio de veículos, serviços de aluguel e vistoria de veículos podem abrir com 50% dos funcionários de vendas.
  • A construção civil pode funcionar com 100% dos funcionários.

Não pode funcionar:

– Academias

– Bares

– Restaurantes

– Lanchonetes

– Mercado Cultural

– Feiras que não são do ramo alimentício

– Escolas e cursinhos públicos e privados

– Parque da cidade e parque de diversão

– Escritórios (exceto de advocacia e contabilidade).

O planejamento responsável do retorno das atividades econômicas do município de Gravatá foi elaborado com detalhes, apresenta as métricas que para continuar avançando, é rigoroso e criterioso. E vai observar os indicadores da saúde para saber se a cidade pode continuar com seu retorno gradual, e incluir os serviços que ainda não pode funcionar.

Todas as regras constam no Decreto 059.2020.

Para que mantenham as portas abertas, os estabelecimentos autorizados a funcionar deverão garantir de forma eficiente e segura os protocolos sanitário, o uso obrigatório de máscaras e o compromisso no cumprimento das regras. Já a responsabilidade das pessoas nesse processo é fundamental.

Entre as medidas estabelecidas, é essencial as pessoas não esquecerem de:

– Usar máscara;

– Lavar as mãos com água e sabão ou higienizador a base de álcool;

– Respeitar o distanciamento;

– Usar os equipamentos individuais de proteção;

– Dar atenção especial ao grupo de risco;

– Observar lotação dos ambientes, de acordo com as instruções da OMS ou demais regulamentações que disciplinem o assunto.

“Apesar de a flexibilização das medidas de isolamento aparentar relativa sensação de segurança em relação ao contágio do novo coronavírus, a pandemia segue crítica. Não relaxe achando que a vida vai voltar ao normal tão rápido assim. É preciso manter o controle e seguir as orientações das autoridades”.


Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *