Gente

Entrevista com Aline Nascimento – A mulher, esposa, mãe, amiga e empreendedora de raízes firmes

Aline Nascimento

O bate-papo do blog valeriaevoce, foi com Aline Nascimento (Nova Ótica), uma mulher ousada, destemida e de uma força de vontade notável. Que não tem medo de colorir horizontes e espelhar arco-íris de dias melhores por onde passa. E a sua maior riqueza é a família.

Nascida em Gravatá no dia 15 de outubro de 1982, Aline Maria do Nascimento Rodrigues, filha de dona Maria Josete da Silva Nascimento e do agricultor Pedro Olímpio do Nascimento, cresceu no sítio Elisbão/Águas Claras, com a sua irmã Eliane Maria do Nascimento.

V&V: Como foi a infância de Aline Nascimento?

Aline Nascimento: Minha infância foi muito feliz, livre e conectada com a natureza no sítio. Eu tinha um quintal enorme repleto de possibilidades para brincar e viver experiências com os primos. Aprendi e desenvolvi muitas habilidades, kkkkkkkkkkk, correr e me esconder.

“Era tudo muito saudável, ativo e criativo. Aprendi a explorar e descobrir as coisas que estavam a minha volta, de diferentes formas e com mais qualidade de vida. O que muito contribuiu para formação da minha identidade e do meu autoconhecimento”.

“Meus primeiros passos na escola, foi no sítio. Eu tive professoras dedicadas, que me deram a oportunidade de num ambiente afastado do ciclo urbano, desenvolver valores, conhecimentos e vivências de acordo com o dia a dia da sala de aula no campo”.

“Além da escola, eu tinha orientações e ensinamentos da minha mãe. O que ampliou meus conhecimentos em muitas áreas. E tudo contribuiu para desenvolver minhas potencialidades, responsabilidades e respeito pelo outro que me acompanham até hoje”.

“Desde meus 10/11 anos, eu fui morar na cidade para dar continuidade a meus estudos. E minha irmã de 7 anos morava comigo, e era minha responsabilidade cuidar dela e da casa. Então minha adolescência foi um período com muita responsabilidade, eu cuidava de mim, da casa e de minha irmã. E a noite um tio e uma tia se revesavam para dormir conosco. E mamãe e papai se mantinham no sítio trabalhando para nos manter na cidade”.

“Apesar das responsabilidades durante a adolescência, a decisão de mamãe de me colocar para estudar na cidade foi muito importante. Uma experiência enriquecedora que me proporcionou socializar, autonomia, estimular habilidades que a escola do sítio limitava e a desenvolver a comunicação, conclui Aline”.

“Eu comecei a namorar cedo, mas tinha em mente minhas responsabilidades com a casa, os estudos e com a minha irmã. E estou junto a meu namorado, noivo e marido há 25 anos”.

V&V: Casada:

Aline Nascimento: Com Josivan Rodrigues da Silva.

V&V: Filhos:

Aline Nascimento: Dois tesouros, a primogênita Laís Gabrielle e Arthur Gabriel.

V&V: E antes de constituir família, quais tuas experiências profissionais?

Aline Nascimento: Meu primeiro emprego foi aos 16 anos como vendedora de livros de porta em porta, mas não me identifiquei. Aí surgiu a oportunidade de trabalhar na Rádio Clima vendendo propaganda. Aí fui vender propaganda na Ótica Arcoverde, e seu Gildo Espósito (in memorian), um ser humano maravilhoso que levo pra vida, e que me ensinou muito. Depois de uns dias ele quis falar comigo. E me disse ter gostado da minha maneira de ser e desenvoltura, e que por estarem contratando, gostaria que eu enviasse o meu currículo.

“Depois fui entrevistada em Vitória de Santo Antão pelo seu filho, e comecei minha vida no ramo de óticas no ano 2000 nas Óticas Arcoverde, ano que também conclui o Magistério”.

V&V: E o trabalho na Rádio Clima?

Aline Nascimento: Eu mantive. Trabalhava durante o dia na ótica e a noite na rádio. E em 2004 eu fui promovida para trabalhar em Bezerros como gerente da Ótica Arcoverde de lá. Fiquei gerenciando a ótica de Bezerros até 2010, quando fui promovida para matriz em Vitória.

“Nessa época eu já tinha a mentalidade de voar com minhas próprias asas. E no início de 2011, eu comuniquei que estaria com eles até o meio do ano, mas que iria abrir uma loja do mesmo segmento. E passei a ser cliente do laboratório deles que era terceirado e inaugurei minha loja em Bezerros.

“Durante 2 anos e alguns meses eu mantive a loja em Bezerros. Só que nessa época eu já tinha Laís que precisava de atenção. Então eu repassei o ponto de Bezerros e abri uma loja aqui em Gravatá. E fui justamente nessa época de Arthur também nasceu, e eu pude dá mais suporte para meus filhos. E abrir uma nova ótica em Chã-Grande”.

V&V: Você fez algum curso para trabalhar com ótica?

Aline Nascimento: Sim. O curso de Técnica em ótica, que me habilitou a vender produtos e serviços óticos, e a elaborar laudos técnicos de lentes oftálmicas, armações, óculos e lentes de contato.

V&V: Deus:

Aline Nascimento: É a base de tudo.

V&V: Família:

Aline Nascimento: Minha família é a base de tudo. Tanto a que eu e o marido estamos construindo. E que apesar de querermos proteger nossos filhos dos perigos do mundo, nós dosamos essa superproteção para que eles aprendam a ter responsabilidades e experiências fundamentais para o bom crescimento. Apesar de estarmos no controle, eles têm a opção de escolha. Eles têm tarefas a cumprir, nós os orientamos a lidar com as frustações do dia a dia e conversamos muito com eles. Quanto a família de onde vim, que permanece sendo base e fortalecida todos os dias. Nós sempre mantemos contato diário.

V&V: Amigos:

Aline Nascimento: Não tive muitos amigos durante a juventude. Mas os poucos que tenho foram do tempo da escola, são exemplos de caráter, da maneira de pensar e respeitar. E apesar de não vivermos sempre nos encontrando, quando esses encontros acontecem são cheios de recordações.

V&V: Quais pontos fortes de Aline que merecem destaque?

Aline Nascimento: Sou muito destemida e ousada.

V&V: Ponto que está sendo melhorado?

Aline Nascimento: Estou trabalhando dois: a ansiedade e indecisão.

V&V: O que é a beleza?

Aline Nascimento: A beleza está naquilo que a gente vê e se sente bem ao enxergar. E não só a beleza exterior, mas também a beleza interior, principalmente a das pessoas. Pois a beleza é algo que tem que vir de dentro junto com a felicidade. Eu costumo dizer que a felicidade está nas coisas mais simples, porque eu enxergo a beleza dessa forma. Na simplicidade.

V&V: Batom:

Aline Nascimento: Sempre. Eu uso a máscara e faço questão de estar de batom, porque ele me faz bem.

V&V: Perfume:

Aline Nascimento: Vários. Gostei tô usando.

V&V: Mania:

Aline Nascimento: Só tomar café em xícara.

V&V: Cor

Aline Nascimento: Preto e branco. Se alguém olhar meu guarda-roupa vai ter várias opções de estilos nas cores preto e branca.

V&V: Animal:

Aline Nascimento: Gosto de cachorro e de gatos, não para criar. Agora se eu tivesse condições, eu teria uma fazenda de cavalos. Eles são bonitos, charmosos, imponentes e ao mesmo tempo fortes e capazes.

V&V: Compras:

Aline Nascimento: Adoro fazer compras. É o momento que me sinto leve, descontraída. E não gosto de comprar por impulso. Gosto de olhar, escolher e de só adquirir aquilo que cabe em meu orçamento.

V&V: Consumista?

Aline Nascimento: Ponderada.

V&V: Vaidosa?

Aline Nascimento: Com unhas e cabelos.

V&V: Joias:

Aline Nascimento: Das joias exatamente não sou fã. Prefiro as semi joias das mais simples as mais luxuosas. Elas são perfeitas para quem quer presença e sofisticação.

V&V: Roupas:

Aline Nascimento: Casual.

V&V: Comida preferida:

Aline Nascimento: A caseira. E a buchada da minha mãe que é única.

V&V: Bebida:

Aline Nascimento: Água.

V&V: Fruta:

Aline Nascimento: Caqui e morango.

V&V: Sobremesa:

Aline Nascimento: Todas que tenham chocolate.

V&V: Diversão:

Aline Nascimento: Viajar. Amo viajar em família. Como prezo por sempre estarmos juntos, viajar é a oportunidade de se desligar um pouco da rotina e aprender e descobrir em família costumes e culturas diferentes.

V&V: Destino que quer voltar:

Aline Nascimento: Gramado. A viagem dos meus sonhos.

V&V: Destino preferido:

Aline Nascimento: Porto de Galinhas. A quantidade de vezes que vou pra Porto falam por si sobre a minha paixão pelo lugar. É ideal para o adulto e para a criança descansar, curtir, conhecer, apreciar, aprender, comer, comprar, mergulhar e sempre voltar.

V&V: Programa de fim de semana:

Aline Nascimento: Viajar. Mas eu tenho evitado por conta da pandemia.  E como eu tenho um terreno num condomínio que tem uma área de lazer muito boa. Meu programa de fim de semana com marido e filhos é curtir a pista de cooper, campo de futebol, piscina, essas coisas.

V&V: Festa:

Aline Nascimento: Festa em família. Eu não sou muito de festa na rua. Agora gosto de show voz e violão com o maridão.

V&V: Festa preferida:

Aline Nascimento: A temporada de festas da época junina e do fim de ano. Pois é a oportunidade de juntar a família e matar a saudade com boas conversas e comidas.

V&V: Livro:

Aline Nascimento: O Segredo, Rhonda Byrne.

V&V: Televisão:

Aline Nascimento: Não tenho muito tempo de ver TV. Agora a noite, sempre que tenho tempo, curto filme com a família.

V&V: Filme preferido:

Aline Nascimento: Redenção, Sam Childers.

V&V: Educação:

Aline Nascimento: A educação assumi diferentes significados. Educar é acompanhar e influenciar, de alguma forma, o desenvolvimento da aprendizagem, das capacidades físicas e intelectuais. E os hábitos e valores transmitidos nesse desenvolvimento, tem que ser através da associação escola/casa, para que a criança desenvolva sua formação da melhor maneira.

“Então não adianta colocar um filho para estudar, se em casa não ensinamos nossos princípios. A educação é uma soma. Os pais têm que acompanhar e participar ativamente de toda formação com muita verdade, muita conversa, e se possível, muitos exemplos do que é certo e do que é errado. Eu que crio participo e acompanho toda formação educacional dos meus filhos, para que cresçam cidadãos de bem, sabendo utilizar a educação da melhor maneira possível”.

V&V: Ator:

Aline Nascimento: Antônio Fagundes.

V&V: Atriz:

Aline Nascimento: Regina Duarte.

V&V: Cantor:

Aline Nascimento: Luiz Gonzaga.

V&V: Música:

Aline Nascimento: Seguindo em frente, Almir Sater.

V&V: Uma mulher pública:

Aline Nascimento: Ana Hickmann.

V&V: Um homem público:

Aline Nascimento: Silvio Santos.

V&V: Um mestre:

Aline Nascimento: Minha mãe, Maria Josete da Silva Nascimento.

“Foi ela que me ensinou e me fez gostar do empreendedorismo. Me ajudou a desenvolver meu espírito empreendedor me ensinando a pensar fora da caixinha, a me arriscar e ser firme nos meus propósitos, enfrentando os desafios e perseverando. Sem nunca mudar o meu caráter, ética e moral. Ela é meu guia, minha luz em todos as situações, sejam elas pessoal, familiar ou profissional”.

V&V: Personalidade Pernambucana:

Aline Nascimento: Alceu Valença.

V&V: Projeto de vida:

Aline Nascimento: Independente de qualquer coisa, ser feliz. E conseguir realizar meus projetos empresariais.

V&V: Orgulho de si mesma:

Aline Nascimento: Muito. Primeiramente Deus e os ensinamentos de minha mãe. Me orgulho principalmente de mim, quando lembro que sou destemida e ousada. E que por ser assim, estou construindo um futuro melhor sem prepotência ou arrogância, mas com muito respeito e trabalho honesto.

V&V: Sonho de consumo:

Aline Nascimento: Chegar aos 50 anos realizada profissionalmente, e curtir com a família minhas conquistas.

V&V: Supérfluo indispensável:

Aline Nascimento: Batom.

V&V: Símbolo de bom gosto:

Aline Nascimento: Classe e cultura.

V&V: Dia ou noite:

Aline Nascimento: Noite.

V&V: Estação preferida:

Aline Nascimento: O Inverno. E não é porque gosto de frio. Eu sou praieira. Mas é porque o inverno é uma estação elegante, de comidas deliciosas, aconchego, conversas agradáveis em família tomando um chocolate quente. Kkkkkkkkkkkkkk

V&V: Liberdade:

Aline Nascimento: Tudo. Direito de ir e vir expressando a sua opinião sem medo de opressão.

V&V: Consciência tranquila:

Aline Nascimento: Pé no chão e melhor travesseiro.

V&V: Regra de vida:

Aline Nascimento: Honestidade.

V&V: Por qual aspecto da vida você é apaixonada?

Aline Nascimento: Sou apaixonada pela própria vida. Você vai dormir, e ao amanhecer, Deus te dá um dia em branco para que você possa o viver da melhor maneira possível, isso é apaixonante.

V&V: Três coisas importantes na sua vida?

Aline Nascimento: Deus, Família e trabalho.

V&V: Data importante e por quê?

Aline Nascimento: Dia 22 de 1996. Quando eu comecei a namorar com o marido. E todo dia 22, independente de mês ou ano é a nossa data. E tudo que a gente faz, se vier o número 22, já vibramos.

V&V: O que te faz rir?

Aline Nascimento: Muitas coisas, inclusive essa nossa boa conversa.

V&V: Duas prioridades na vida:

Aline Nascimento: Meus filhos e minha família.

V&V: O que te faz bem?

Aline Nascimento: Quando faço meu contato com Deus, estar com a família e quando eu consigo realizar meu trabalho bem. Como eu tenho um problema de saúde (fribomialgia) nem sempre me acordo bem, e isso me limita.

V&V: O que sempre vale a pena?

Aline Nascimento: Viver.

Confira também a entrevista:

Entrevista com Lucas Noia, Chefe de Gabinete do prefeito de Gravatá, padre Joselito Gomes

Entrevista com Viviane Facundes, mãe, mulher, dona de casa, artesã, amiga e secretária de Assistência Social e Juventude de Gravatá

Entrevista com Ester Gomes, mãe, mulher, dona de casa, militante das causas sociais e secretária da Mulher

Entrevista com Filipe Vasconcelos – Um mestre sem rótulos

Entrevista com Aline Souza – A dona da voz que é sua impressão digital

Entrevista com Vera Souto Maior – A colunista social guerreira, que se reinventa e é feliz

Entrevista com Fernanda Nóbrega – A mulher, esposa, mãe, amiga, modelo, bailarina e promotora de justiça, que abre as portas para viver a vida intensamente e ser feliz

Entrevista com Maria Araújo – A mulher, mãe e amiga, de personalidade ímpar, que fala da oportunidade de estar Secretária Executiva de Saúde de Gravatá.

Entrevista com André Fernandes – O advogado, secretário de Administração, homem, marido, pai e amigo, com um apurado senso de responsabilidade.


Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *